• Economia Solidária da Bahia

Festival de Economia Solidária usa criatividade para comemorar festejos juninos diante da pandemia


Empreendimentos econômicos solidários da Bahia participam, de 13 a 24 de junho, do Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra, com ações de comercialização e apresentações culturais em plataformas digitais. A realização do evento é fruto de edital público lançado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

O festival tem o intuito de propagar os princípios da economia solidária, escoar a produção e ampliar o faturamento do segmento durante a pandemia da Covid-19. “É uma oportunidade de fortalecer a comercialização e reafirmar o papel da economia solidária como alternativa viável de geração de renda, mesmo durante a crise sanitária que estamos enfrentando. Além disso, o evento valoriza a cultura do nosso estado, incentivando a população a curtir os festejos juninos em casa, com total respeito as recomendações da Organização Mundial de Saúde”, destaca o titular da Setre, Davidson Magalhães.

Entre os destaques do festival estão produtos da culinária e artesanatos típicos das diversas regiões do estado, que serão comercializados nas páginas dos 13 Centros Públicos de Economia Solidária da Bahia, equipamentos ligados à Setre, no Facebook e no Instagram. A programação conta ainda com aulas de culinária com chefes renomados, e que se identificam com os princípios da Economia Solidária, como Bela Gil, Guga Rocha e Rosa Gonçalves, e apresentações musicais de nomes tradicionais do forró, entre eles Targino Gondim, Adelmário Coelho e Del Feliz, nos perfis do Mídia Ninja e da Economia Solidária da Bahia.

Ascom Setre

© 2023 por Economia Solidária da Bahia. Desenvolvido por PLAY comunicação