• lopescomunicacaoassociativista

Mídia Ninja transmite Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra

No último sábado, 13, lançamento do evento também teve exibição simultânea no Youtube e Facebook do Coletivo Mídia Ninja, com pelo menos 12 mil visualizações.

Com a aposta de uma plataforma que agrega valor e caminha lado a lado com a pauta da economia solidária, o Festival São João da Minha Terra promovido pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) exibe no Mídia Ninja a diversidade e a cultura da economia solidária do estado da Bahia em lives que vão ao ar de 22 a 24 de junho, a partir das 19h, no Facebook e YouTube do Coletivo.




A ação também é retransmitida nos perfis de Facebook dos 13 Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols) que fazem parte da política pública direcionada para o segmento no estado. No último sábado, 13, foi realizado o lançamento do Festival que rendeu pelo menos 12 mil visualizações na rede.


A editora na Mídia NINJA, Dríade Aguiar, explica a relação do Coletivo com a pauta da economia solidária. “A Mídia Ninja tem origem no movimento Fora do Eixo, que atua na cultura e em movimentos sociais há mais de 15 anos organizando coletivos de arte e de articulação no interior do país. A economia solidária tem o papel fundamental na construção desse movimento. A gente desenvolveu moedas complementares e começou a implementar a cultura da economia solidária desde a nossa criação. Foi ela que viabilizou a nossa sustentabilidade, nos colocou em contato e construiu nossa ligação em rede.”, destaca.


O superintendente de Economia Solidária da Setre, Milton Barbosa, ressalta a assertividade na escolha da parceria para a exibição do Festival. “O Mídia Ninja tem uma identidade e propósito de ser um empreendimento de comunicação coletivo, uma rede de comunicação livre que busca a forma de produção e distribuição da informação a partir de uma tecnologia colaborativa de trabalho e esse é um dos princípios também da economia solidária. Além disso, entende a comunicação como um direito democrático, humano e voltado para o interesse público, para a diversidade cultural dos empreendimentos populares e das populações menos beneficiadas pelo desenvolvimento capitalista em nosso país. Neste sentido, para nós, sem dúvida o parceiro ideal de identidade e propósito é o Mídia Ninja.”, conclui.


O Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra emerge como uma alternativa para a comercialização de produtos de empreendimentos solidários da Bahia em meio a uma das maiores crises sanitárias da história da humanidade, a pandemia do covid-19. Ao mesmo tempo, são exibidas a cultura e a diversidade do movimento que luta por uma outra economia pautada por uma forma diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver – sem explorar os outros, sem querer levar vantagem e sem destruir o ambiente.


Programação


Com a largada no último sábado, 13, o Festival segue com a comercialização de produtos da economia solidária da Bahia até o dia 24. As compras podem ser feitas no endereço https://www.festivalecosolba.com.br/. Já as lives com a programação cultural e gastronômica vão ao ar de 22 a 24 e contam com nomes do forró como Targino Gondim, Adelmário Coelho, Zelito Miranda, além de atrações regionais mostrando a força e a diversidade do arrasta-pé da Bahia. Integram a grade também chefes da culinária como Bela Gil, Rosa Gonçalves e Guga Rocha.


Ascom

© 2023 por Economia Solidária da Bahia. Desenvolvido por PLAY comunicação